MENU

12/08/2021 às 20h49min - Atualizada em 13/08/2021 às 00h00min

Vendas no comércio aumentam 13,5% de janeiro a maio no Paraná, indica pesquisa

Melhor resultado no período foi das óticas, que registraram crescimento de 29,9% nas vendas. Queda nos casos de Covid e avanço da vacinação reaqueceram a economia, avalia Fecomércio.

Portal G1 - norte
https://g1.globo.com/pr/parana/noticia/2021/08/12/vendas-no-comercio-aumentam-135percent-de-janeiro-a-maio-no-parana-indica-pesquisa.ghtml

Melhor resultado no período foi das óticas, que registraram crescimento de 29,9% nas vendas. Queda nos casos de Covid e avanço da vacinação reaqueceram a economia, avalia Fecomércio. Vendas no comércio crescem 13,5% no Paraná
As vendas do comércio no Paraná aumentaram 13,5% entre janeiro e maio deste ano, de acordo com a pesquisa conjuntural da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Paraná (Fecomércio-PR), divulgada na quarta-feira (11).
O maior crescimento de vendas foi registrados pelas óticas, com 29,9% de aumento, conforme a pesquisa. Somente livrarias e papelarias ainda estão no negativo, com perdas de 6%, informou a Fecomércio-PR. Veja abaixo o aumento por atividade:
Óticas: 29,99%
Concessionárias de veículos: 28,55%
Móveis, decorações e utilidades domésticas: 24,38%
Materiais de construção: 19,69%
Autopeças: 18,66%
Farmácias: 17,05%
Combustíveis: 12,09%
"A procura foi desde crianças ao publico juvenil. O crescimento maior foi devido ao uso de telas, smartphones e tablets", explica Sandra Helena Palhano, gerente de uma ótica em Curitiba.
Para a entidade, o aumento nas vendas tem relação com a redução de casos da Covid-19 no estado a partir do segundo trimestre, além do avanço da vacinação contra a doença. Com isso, houve reaquecimento do comércio.
Em relação a abril, as vendas do varejo paranaense cresceram 5,15%. Nesse recorte, os ramos de calçados (45,5%) e vestuário e tecidos (44,9%), que tinham sido bastante afetados em 2020, tiveram o maior crescimento nas vendas impulsionadas pelo Dia das Mães.
A expectativa para o segundo semestre deste ano é ainda melhor para o comércio, de acordo com o economista da Fecomércio-PR, Luiz Vamberto Santana.
"[A expectativa] surge do conjunto de datas comemorativas. Tivemos o Dia dos Pais, teremos o Dia das Crianças, depois a Black Friday e entramos no período do Natal. E aí há o 13º salário. Ou seja, há um fator de renda adicional que estimula o consumo", explica.
Expectativa para o segundo semestre deste ano é ainda melhor para o comércio
Giuliano Gomes/PR Press
Vendas por regiões
Segundo a pesquisa, Londrina, no norte do Paraná, registrou a maior alta nas vendas do varejo, com crescimento de 23,47%, puxada por segmentos como óticas (45,02%), móveis, decorações e utilidades domésticas (39,14%) e concessionárias de veículos (37,37%).
Em Curitiba e região, as vendas subiram 12,78% no acumulado de janeiro a maio, principalmente nas lojas de móveis e decorações (32,71%) e revenda de automóveis (31,43%), informou o levantamento.
Os lojistas das demais regiões do estado também comemoram o aumento no faturamento, que foi de 11,8% na região oeste, de 10,1% no sudoeste, de 8,5% em Ponta Grossa e de 7,7% em Maringá.
Vídeos mais assistidos do G1 Paraná
Veja mais notícias do estado no G1 Paraná.

Fonte: https://g1.globo.com/pr/parana/noticia/2021/08/12/vendas-no-comercio-aumentam-135percent-de-janeiro-a-maio-no-parana-indica-pesquisa.ghtml
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://sandboxwj.cmswebsg.com.br/.