12/05/2024 às 20h53min - Atualizada em 14/05/2024 às 13h00min

Taça dos Lagos tem mais de 200 atletas e vitória de campeão olímpico

Alex Welter, ouro em Moscou 1980, foi o Fita-Azul da regata em sua 84ª edição

FLáVIO PEREZ
https://onboardsports.net/2024/05/12/taca-dos-lagos-tem-mais-de-200-atletas/

Flávio Perez | On Board

A 84ª edição da Taça dos Lagos reuniu quase 100 barcos com mais de 200 velejadores de várias gerações neste sábado (11), no YCSA - Yacht Club Santo Amaro. A tradicional regata na Represa de Guarapiranga, em São Paulo (SP), teve como vencedor o campeão olímpico Alex Welter, de 70 anos. A prova contornou os três lagos da região e teve ao todo 12 milhas de percurso total, com o tempo de quase 1h30 para o primeiro colocado, chamado de Fita-Azul.

Alex Welter competiu em Moscou 1980 ao lado do sueco naturalizado brasileiro Lars Björkström. A dupla levou o ouro na classe Tornado, quebrando um jejum de 20 anos sem ouro para o Time Brasil nos Jogos.

A bordo de seu catamarã A Cat, o atleta do YCSA Alex Welter aproveitou as boas condições de vento na Zona Sul da capital paulista. A largada na frente da sede do Yacht Club Santo Amaro foi no vento de popa, que bateu 15 nós de máxima na direção Nordeste.

''Faço questão de participar, é sempre uma festa, com barcos de todos os tamanhos. Correm aqui as crianças do Optimist e veleiros maiores como o HPE-25. É muito divertida. Fiquei contente em ter vencido o Fita-Azul, uma vitória que me dá muito orgulho'', contou Alex Welter, que ficou com a posse do Troféu Ernesto Ribel de Fita-Azul.

Como citado por Alex Welter, a prova contou com atletas de todas as cidades, começando pelas crianças do Optimist, que ficaram na raia mais próxima ao clube.  A Flotilha da Garoa foi supervisionada de perto pelo campeão mundial Alexandre Paradeda, técnico do YCSA. Os alunos da Escola de Vela Robert Scheidt também estiveram presentes na prova com mais de 20 crianças do Op.

Outro destaque ficou para multicampeão pan-americano Cláudio Biekarck, que ao lado da sua tripulação histórica de Lightning com Gunnar Ficker/Marcelo Batista da Silva venceu a prova representando o YCSA. Klaus, como é conhecido, será diretor técnico da equipe Brasileira de Vela em Paris 2024.

Na Taça dos Lagos 2024, os mais experientes deram todas a volta pelas três raias da Guarapiranga, a maioria em família, como o comodoro Fábio Bodra e o filho Gui Bodra, de 9 anos, que ficaram em terceiro no Snipe. O vencedor na categoria foi Marcelo Bellotti e Gabi Bellotti, de apenas 5 anos.

"A Taça dos Lagos é um evento tradicional que é muito bonito, ele percorre todos os lagos da represa, então mais do que uma competição, é uma confraternização, uma congregação de todos os velejadores. Ter um evento desse aqui no nosso clube é muito mais legal, ainda mais em um dia lindo desse'', contou Fábio Bodra, comodoro do Yacht Club Santo Amaro. 

O presidente da Confederação Brasileira de Vela - CBVela, Marco Aurélio de Sá Ribeiro, esteve presente nas dependências do YCSA prestigiando a festa.

"Um dos eventos mais tradicionais da vela brasileira, que marca o início do ano. É um evento que congrega todas as classes, todas as idades, pais e filhos, todo mundo correndo junto. Então isso é muito importante, a vela tem que lembrar sempre esse caráter, o caráter cultural, de lazer, de diversão, de comunidade, e esse evento representa tudo isso", afirmou Marco Aurélio. 

O YCSA também arrecadou alimentos não perecíveis de atletas, parentes e amigos da vela presentes nas dependências do clube, além de doações para as vítimas das enchentes do Rio Grande do Sul.

O evento teve apoio da ACESC – Associação de Clubes Esportivos e Sócio-Culturais de São Paulo. Os parceiros serão @InstitutoDevolver e ANGua - Nossa Guarapiranga.

Resultados -- https://ycsa.taplink.ws/

Confira o resultado provisório da Taça dos Lagos 2024:

420
Brunno Machuca/Bernardo Almeida Rey (YCSA)

470
Giovanni Dominoni/Maria Antonia Marquesi Dominoni (AVP)

A-Class
Alex Welter (YCSA)

Clássicos
Felipe Franco da Fonseca (YCP)

Day Sailer
Jorge Ricardo Birman/Silvia D Birman (SPYC)

Dingue
Rodrigo Paraizo Macedo/Jorge Henryque Rufino Santos (IPCE)

Flash 165
Eduardo Lanzellotti Lage/Jose Ricardo (Sailing Center)

Finn
Henrique Cabette (Castelo)

HC14
Plínio Pereira (SPYC)

HC16
Rodrigo Julian / Renata Meneghelo (YCSA)

Holder 12
Gabriel Mattos (AVP)

HPE 25
Felipe Furquin/Ricki Hackerott/Eduardo Natividade/Felipe Reis (YCP)

ILCA 4
Oliver Durrich (YCSA)

ILCA 7
Mariela Salerno (YCA Argentina)

IQ Foil
Isaac Edery Neto (Team Brazil)

Lightning
Claudio Biekarck/Gunnar Ficker/Marcelo Batista da Silva (YCSA)

Olimpico
Torsten Bojlesen (CCSP)

Marreco 16
Roberto Montag/Diogo Oliveira Tao (ITAUPU)

Mini Oceano G2 (até 19 pés)
Luiz Carlos Gouveia/Maicon Soares Gouveia/Luca Soares Gouveia (ASBAC Náutica)

Mini G3 Oceano (acima de 20 pés)
Marco Prado/Jorge Visniauskas/Haroldo Fiocco/Antonio Correa (Castelo)
Aloisio Costa/Pablo Sucari/Fran Petroni (Castelo)
Marcio Finamore/Bruno Bonini/Carlos Hoffmann/David Claudio (Sailing Center)

Optimist Veterano
Bernardo Boranga (YCSA)

Optimist Estreante
Francisco Nunes (YCSA)

Optimist Estreante Mirim
Francisco Nunes (YCSA)

Optimist Veterano Infantil
Bernardo Boranga (YCSA)

Optimist Veterano Juvenil
João Pedro Matta Barbosa (YCSA)

Optimist Veterano Mirim
Felipe Chammas Lagoa (YCSA)

RS Vision
Marcos Ferreira Gavião/Lucas Ianelli de Azevedo Pacheco (YCSA)

Raceboard
Udo Schenker (ADC Eletropaulo)

Snipe
Marcelo Bellotti/Gabriela Monteiro de Barros Bellotti (CCSP)
Paulo Iakowski Cirillo/Enrico Cavallari Cirillo (PERA Nautica)
Fabio Bodra/Guilherme Santiago Bodra (YCSA)

Soling
Carlos Frederico Hackerott/Alberto Hackerott/Arthur Hackerott/Bruno Lobo (YCP)

Star
Alessandro Pascolato/Henry Boening (ICRJ)

Tomcatfun
Ricardo Meireles (Sailing Center)

Sobre o YCSA

Localizado às margens da Represa Guarapiranga, na cidade de São Paulo (SP), o Yacht Club Santo Amaro (YCSA) é um verdadeiro oásis verde, proporcionando um cenário natural perfeito para a prática do iatismo. Com uma história que remonta a 1930, o YCSA tem sido o lar de muitos campeões mundiais, combinando uma rica tradição com instalações modernas e barcos de última geração.

Fazer parte deste clube é entrar para uma comunidade que tem deixado sua marca na vida de cada associado ao longo dos anos. Com uma estrutura náutica de excelência, o clube dispõe de hangares modernos para acomodação de embarcações à vela e a motor, uma escola de vela com frota própria, uma rampa de acesso à represa com 25 metros de largura e baixa inclinação, um deck e píer com uma vista deslumbrante da represa, além de tratores, guindastes e uma equipe de marinheiros experientes para o transporte e apoio das embarcações.

Com seus 24 mil metros quadrados de área verde, o YCSA é reconhecido tanto nacional quanto internacionalmente por sua infraestrutura náutica de ponta, proporcionando as melhores condições para iniciantes e praticantes experientes da vela. Além de seus talentosos atletas, o clube também é famoso por sediar eventos de vela de renome tanto no cenário nacional quanto no internacional.


Notícia distribuída pela saladanoticia.com.br. A Plataforma e Veículo não são responsáveis pelo conteúdo publicado, estes são assumidos pelo Autor(a):
FLAVIO PEREZ GUIMARAES
flavio@onboardsports.net


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://sandboxwj.cmswebsg.com.br/.