05/07/2021 às 10h48min - Atualizada em 05/07/2021 às 18h05min

Tempestade Elsa toca o solo em Cuba antes de seguir rumo aos EUA

Com ventos de até 100km/h, tempestade deixou ao menos 3 mortos no Caribe. Mau tempo já é sentido na Flórida e pode atrapalhar trabalhos de resgate no edifício que desabou em Miami.

G1 - Mundo
http://g1.globo.com/dynamo/mundo/rss2.xml


Com ventos de até 100km/h, tempestade deixou ao menos 3 mortos no Caribe. Mau tempo já é sentido na Flórida e pode atrapalhar trabalhos de resgate no edifício que desabou em Miami. Tempestade Elsa provoca transtornos em Cuba e deve atingir Miami
A tempestade Elsa tocou o chão de Cuba nesta segunda-feira (5), perto da Baía dos Porcos, antes de seguir rumo ao sul da Flórida, nos Estados Unidos, segundo o serviço meteorológico americano.
Com ventos de até 100km/h, a tempestade ganhou força na noite de domingo (4) e o sinal do mau tempo já é sentido em Miami – o que pode atrapalhar as buscas por sobreviventes do desabamento que já dura quase duas semanas.

A Elsa já atingiu várias ilhas do Caribe e deixou ao menos três mortes (uma na ilha de Santa Lúcia e duas na República Dominicana).
Furacão Elsa sobre o Caribe
NOAA
Antony Exilien protege o telhado de sua casa em Porto Príncipe, capital do Haiti, antes da passagem da tempestade tropical Elsa no sábado, 3 de julho de 2021.
Joseph Odelyn/AP
Autoridades cubanas retiraram 180 mil pessoas de casa por precaução, devido à possibilidade de fortes inundações, e emitiram alertas de furacão para as províncias de Cienfuegos e Matanzas.
O Centro Nacional de Furacões dos EUA (NHC, na sigla em inglês) prevê que o fenômeno chegue à costa da Flórida durante a madrugada desta terça (6).
Rota da tempestade Elsa em 5 de julho
Arte G1
O serviço cubano de meteorologia alerta para a persistência de intensas chuvas durante a semana, mesmo após a passagem do centro da tempestade.
Demolição na Flórida
Antes da chegada da tempestade tropical Elsa e após um total de 27 mortos e 118 desaparecidos no desastre, o prédio que colapsou na região de Miami, foi demolido completamente nesta madrugada (veja no vídeo abaixo).
VÍDEO: Prédio que desabou parcialmente em Miami é demolido
A prefeita do condado de Miami-Dade, Daniella Levine Cava, confirmou que já foi dada a autorização para que as equipes retomem as buscas por vítimas nos escombros.
Antes, os destroços da parte implodida foram retirados para que as equipes de resgate pudessem entrar em partes da garagem subterrânea, em busca de bolsões de ar que possam abrigar sobreviventes.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://sandboxwj.cmswebsg.com.br/.