05/07/2022 às 10h18min - Atualizada em 05/07/2022 às 19h13min

Pesquisa aponta que 95% dos brasileiros não falam inglês

SALA DA NOTÍCIA Boost Assessoria de Imprensa
Internet

Uma pesquisa levantada pela British Council e do Instituto de Pesquisa Data Popular aponta que 95% dos brasileiros não sabem falar inglês. O país ocupa a 41ª posição de fluência no idioma entre 70 países analisados.

O Brasil fica atrás de países latino-americanos como o México e os vizinhos Chile, Peru e Equador. Considerando apenas os adultos de nações que não têm o idioma como língua materna, o Brasil ocupou o mesmo 41º lugar, abaixo de Lituânia, Vietnã, Costa Rica, Indonésia e Taiwan.

Num mundo globalizado, o inglês é indispensável para a modernização, 91% das pessoas ainda colocam o inglês como a língua universal no mundo dos negócios, estando presente na maior parte dos segmentos da economia global. 

Existem também estudos que comprovam que estudar um idioma por 90 minutos por semana pode melhorar e facilitar o aprendizado de outras áreas, como a matemática e raciocínio lógico.

"Nós (brasileiros) não concorremos por vagas de trabalho apenas com nossos vizinhos de bairro ou com pessoas da mesma cidade ou região. Essas vagas são disputadas por pessoas do mundo inteiro. Concorremos com americanos, europeus, asiáticos e africanos", explica Jonas Bressan, criador do método Beway.

Brasileiros e o inglês
Embora 5% dos brasileiros afirmem que são fluentes em inglês, somente 1% realmente é, apesar de a cada esquina existir uma escola de idiomas.

Oportunidades de emprego perdidas, promoções adiadas – ou nunca alcançadas – , dificuldade de expressar-se em público, de ler e entender um texto, de escrever, de assistir a um filme sem legendas, de aproveitar melhor uma viagem internacional (e economizar nela), o brasileiro perde muito por não se ter a fluência no inglês.

"Definitivamente há mais vagas para brasileiros que sabem inglês de forma fluente", comenta Jonas.

Para os grandes empresários, saber inglês no mundo corporativo atual já não é mais um diferencial, é essencial. Por isso, existem centros de idiomas buscando preparar os alunos para a fluência perfeita. Uma pesquisa do site de busca de empregos Catho apontou que o domínio do inglês pode aumentar o salário em até 52%. 

"A boa notícia é que as vagas para os melhores empregos no mundo inteiro estão abertas a quem possui as habilidades necessárias e falam inglês fluentemente. Por qual razão se contentar com a empresa do bairro se há um mundo inteiro aberto a possibilidades?", Analisa Jonas.

"Uma das principais formas de alcançar a fluência é através de métodos que realmente funcionam", comenta. Para Jonas, as escolas de idiomas, quando bem geridas, são de vital importância para esse aprendizado. 

A Beway Idiomas, por exemplo, ensina aos alunos como conquistar a fluência real no inglês. Estando entre os 10 melhores cursos de inglês no Brasil, o método já preparou milhares de pessoas.


Link
Notícias Relacionadas »