24/06/2022 às 16h09min - Atualizada em 24/06/2022 às 16h16min

Reajustes salariais por negociações, em junho, chegam a 12%

Segundo os dados do Fipe, em junho a quantidade de convenções coletivas tabuladas foi maior em relação a acordos coletivos, com a proporção de reajustes acima do INPC em 50%.

Agência Brasil
https://agenciabrasil.ebc.com.br/economia/noticia/2022-06/reajustes-salariais-por-negociacoes-em-junho-chegam-12

O reajuste mediano dos salários obtidos nas negociações salariais em junho é de 12%, ante o Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) acumulado de 11,9%. Em maio, o reajuste mediano foi de 12,3%, segundo o boletim mensal da Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe) Salariômetro - Mercado de Trabalho e Negociações Coletivas.



Segundo os dados, em junho a quantidade de convenções coletivas tabuladas foi maior em relação a acordos coletivos, com a proporção de reajustes acima do INPC ficado em 50%. Essa taxa deve diminuir, com a disponibilização da mais acordos coletivos, segundo a Fipe.



Em maio a proporção de reajustes acima do INPC foi de 17,4%, e nos últimos 12 meses, 16,2%.



Já o reajuste real consolidado deste ano, que teve 5.625 negociações, ficou, até agora, sem variação, de acordo com os dados. De acordo com as análises da Fipe, o INPC previsto para o 2º semestre ainda ficará perto dos dois dígitos, deixando pouco espaço para reajustes salariais acima da inflação.




Fonte: https://agenciabrasil.ebc.com.br/economia/noticia/2022-06/reajustes-salariais-por-negociacoes-em-junho-chegam-12
Link
Notícias Relacionadas »