23/06/2022 às 16h40min - Atualizada em 24/06/2022 às 00h00min

FS apresenta resultados financeiros do ano safra 21/22

Pioneira na produção de etanol de milho no Brasil, empresa sediada no Mato Grosso apresenta resultados no ano safra 21/22

SALA DA NOTÍCIA Karol Jorge de Almeida
FS
São Paulo,  junho de 2022 – A FS, uma das maiores produtoras de etanol, nutrição animal e bioenergia do Brasil, divulga os resultados do último ano fiscal, encerrado em 31 de março de 2022. Em receita líquida, a empresa cresceu 113,5% no comparativo com igual período, atingindo R$ 6.635 milhões. Em EBITDA – lucros antes de juros, impostos, depreciação e amortização – o crescimento foi ainda maior: 126,0%; totalizando R$ 2.621 milhões.
Outros indicadores de destaque são o lucro líquido, que ficou 3,6x superior ao ano anterior, atingindo o montante de R$ 1.485 milhão; e a alavancagem líquida que reduziu para 1,16 vezes o EBITDA do ano (dívida líquida de R$ 3.041 milhões).
Só no último trimestre fiscal, a receita líquida foi de R$ 1.804 milhão, 81,1% maior do que no mesmo período do ano anterior; o lucro líquido foi de R$ 383,7 milhões e o EBITDA ficou em R$ 625,9 milhões, 49,0% maior do que no 4T21.
Os resultados refletem a estratégia de crescimento orgânico adotada pela empresa nos últimos anos com aumento de capacidade operacional, melhorias de eficiência, e, em parte, pela alta no preço do etanol.  
“A safra 2021/22 representou um excelente ano na nossa história, entregamos recordes de produção e resultados financeiros, avançamos na nossa expansão no Mato Grosso com o início das obras da nossa 3ª planta industrial, expandimos para novos segmentos de negócio com a comercialização de milho. Além disso avançamos ainda mais para nos tornarmos pioneiros na produção de biocombustível carbono negativo com nosso projeto BECCS (Bioenergy Carbon Capture and Storage) de captura e estocagem de carbono”, comenta o CEO da FS, Rafael Abud.
Através de iniciativas de melhoria contínua para obtenção de maior eficiência operacional, a FS reportou progresso na maioria de seus principais indicadores operacionais. O rendimento de etanol anidro produzido por tonelada de milho moído aumentou para 426,2 litros (+0,6%). A Usina LRV (Lucas do Rio Verde - MT) operou por 355 dias e a Usina SRS (Sorriso - MT) por 365 dias no ano fiscal, com uma disponibilidade combinada recorde de 99,2% (+0,1%).
A FS passou a destacar e reportar como um segmento separado as operações de comercialização do milho, tornando o negócio parte integrante de sua estratégia de crescimento. A receita líquida neste segmento foi de R$ 285,6 milhões no FY22 (+138,3% versus FY21), impulsionado principalmente pela revenda de 222,6 mil toneladas de milho, negociadas a R$ 78,0/saca.
Recursos e gestão financeira
A FS também melhorou o desempenho financeiro com uma gestão de passivos substituindo dívidas com custos mais altos por linhas mais longas e com taxas mais baixas. Dentre as operações, foram antecipados integralmente os títulos de renda fixa emitidos em exercícios anteriores (CRA – Certificado de Recebíveis do Agronegócio e CRI – Certificado de Recebíveis Imobiliário) com taxas mais elevadas, no valor principal de R$ 169,9 milhões para ambos os instrumentos; reabertas notas verdes seniores com garantia de 5 anos para uma emissão adicional de US$ 80 milhões. A companhia também captou mais de R$ 1,3 bilhão em emissões de CRA CVM 476 e 400, com vencimento de 4 a 7 anos, viabilizando a participação de investidores pessoas físicas nos papéis da empresa.
Sustentabilidade no DNA
Cumprindo o compromisso com a agenda ESG, a FS ampliou suas ações sociais e de sustentabilidade ao longo do FY22, o que resultou na evolução de seus Compromissos FS 2030, alinhados aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável das Nações Unidas: (i) obteve a certificação CBI para emissão de títulos verdes; (ii) adquiriu selo ouro no GHG Protocol; (iii) desenvolveu o Programa Capacita FS, curso de qualificação profissional voltado para a indústria que recebeu mais de 310 inscrições na primeira etapa; (iv) fez um upgrade  na sua Política de Investimento Social, que define os principais pilares e focos de atuação da empresa sobre o tema; e (v) aumentou em 4 pontos o seu Rating ESG da Vigeo Eiris (afiliada da Moody's especializada em avaliações ESG), que coloca a FS na pontuação “avançada”, a mais alta da grade, e entre 3% das empresas mais bem avaliadas globalmente.
A FS também divulgou evolução no seu projeto de Captura e Estocagem de Carbono (BECCS). Após avaliação geológica, a companhia decidiu que irá perfurar um poço para executar testes de injeção de carbono na sua planta de Lucas do Rio Verde. Este é o último marco do projeto antes da eventual construção da instalação completa de CCS. A empresa espera ter os resultados da injeção até o final do ano fiscal 22/23.
Novas plantas
A FS deve inaugurar em junho de 2023 a terceira indústria de etanol de milho da companhia, no município de Primavera do Leste, em Mato Grosso. A unidade tem investimento previsto de R$ 2 bilhões e irá gerar cerca de 8 mil empregos indiretos durante as fases de obras e 500 empregos diretos e indiretos durante o funcionamento. Com a nova operação, a companhia se consolida como uma das maiores produtoras de etanol do Brasil, ultrapassando a marca de capacidade produtiva de 2 bilhões de litros de etanol anidro por ano.
As informações completas do FY22 e também do último trimestre podem ser acessados no site da empresa, na aba de Investidores: https://www.fs.agr.br/investidores/.

Sobre a FS  
A FS é a primeira indústria de etanol do Brasil que utiliza milho em 100% da produção. Hoje, com duas unidades, uma em Lucas do Rio Verde e outra em Sorriso, no Mato Grosso, a empresa tem capacidade para produzir cerca de 1,4 bilhão de litros de etanol anidro por ano. Além disso, também conta com tecnologia de ponta para a fabricação de produtos para nutrição animal, conhecidos pela sigla DDG (Dried Distillers Grains), óleo de milho e bioeletricidade. Recentemente, a companhia anunciou a construção de sua terceira unidade, localizada em Primavera do Leste (MT), com investimento previsto de R$ 2 bilhões e que elevará sua capacidade total para 2 bilhões de litros de etanol anidro por ano.
A FS prioriza e investe constantemente na sustentabilidade e, com os objetivos de consolidar a agenda de desenvolvimento sustentável e de fortalecer seus compromissos de longo prazo com a sociedade, passou a adotar um conjunto de ações que estabeleceu em seis compromissos de longo prazo (até 2030), criados em linha com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da Organização das Nações Unidas (ONU) e o Acordo de Paris. Como uma dessas ações, estuda a implementação do sistema BECCS, que pode torná-la uma das principais empresas do mundo e a primeira do RenovaBio a ter uma pegada negativa de carbono.
 
Informações à imprensa | Ketchum_FS
Karol Almeida | [email protected] | +55 11 97581-1248
Adriana Ferreira | [email protected] | +55 11 99177-7113
Jaqueline Frederes | [email protected] | +55 11 99148-4478 
Carlos Lima | [email protected] | +55 11 98271-0888 
 
Link
Notícias Relacionadas »