26/04/2022 às 16h12min - Atualizada em 26/04/2022 às 17h34min

Crédito na fazenda é pensar no futuro

Controle financeiro deve fazer parte da gestão estratégica da propriedade para que seja possível ter mais competitividade

SALA DA NOTÍCIA Silva

A pecuária leiteira no Brasil passa por um constante movimento de expansão, principalmente com o surgimento de novas tecnologias que, cada vez mais, auxiliam o produtor a atingir melhores resultados e fornecer um produto de melhor qualidade para a sociedade. 

Tais avanços trazem junto o desejo de melhorar a infraestrutura da fazenda em busca de impactos positivos na produtividade e na redução de custos. Ao mesmo tempo, o produtor lida com a volatilidade conhecida dos custos de produção envolvendo especialmente os preços de insumos. Para ambos os casos, o crédito pode ser uma boa solução e um ótimo aliado na manutenção e desenvolvimento da fazenda.

"Uma boa gestão financeira da fazenda de leite é tão importante quanto o manejo dos animais e manutenção dos equipamentos. O uso inteligente do crédito é uma parte fundamental para a evolução da propriedade e para uma pecuária leiteira mais competitiva", conta Gabriela Borlido, diretora de negócios da RúmiCash. “Crédito rural bem gerido é como usar o cartão de crédito com sabedoria, pode proporcionar ao produtor a possibilidade de aproveitar oportunidades únicas para sua fazenda, seja na aquisição de mais animais, melhoria ou manutenção de equipamentos, compra de insumos, construção de novas instalações...”, explica.

Ao viabilizar investimentos e custeio do negócio, o crédito tem um papel ímpar no desenvolvimento e modernização do setor, além de auxiliar na melhoria da qualidade de vida dos envolvidos na cadeia produtiva. 

“Tomar crédito hoje para investir na fazenda é se preparar para obter melhores resultados no futuro. A otimização das operações, por exemplo, não só aumenta a produtividade da fazenda como reduz custos com mão de obra por hora trabalhada. Isso proporciona ao produtor e aos colaboradores mais tempo para se dedicar às atividades que mais gostam, dentro ou fora da fazenda”, elucida Gabriela. 

Cada vez mais o crédito rural tem se tornado mais acessível ao produtor, contando com processos menos burocráticos e demorados, que levam a capacidade produtiva da fazenda como um valioso recurso de avaliação de risco, uma segurança maior para quem fornece o crédito, e mais facilidades aos pecuaristas.

Com dinheiro na mão, o produtor investe na fazenda hoje para transformar o seu futuro!


Link
Notícias Relacionadas »